Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

...

29.10.13 | Vera Dias Pinheiro
Amanhã vai ser um dia longo e muito preenchido, nos preparativos da próxima viagem. Por esse motivo, quase que "me despeço" agora, pois dificilmente vou conseguir dar noticias nos próximos dias.
Londres é o destino! Era das cidades que eu queria muito visitar e estar em Bruxelas tornou esse sonho mais perto da realidade. Em pouco mais de duas horas, de comboio, estamos lá. O importante é acertar com uma altura em que os preços dos bilhetes estejam dentro de um valor aceitável. Por essa razão, mantinha-se um projecto, mais ou menos, a longo prazo.
No entanto, há oportunidades que surgem tão inesperadamente, que não podemos mesmo deixar que nos passem ao lado. Foi assim com a decisão de irmos a Londres em fim-de-semana grande (sim, por aqui, ainda se mantêm os feriados). Numa conversa banal, com amigos que temos lá, surgiu o convite, por curiosidade, o senhor meu marido resolveu ver o preço dos bilhetes, perguntou a minha opinião (que, imediatamente, foi de pular de entusiasmo e dizer logo que sim)... ah e tal... pronto, está bem, ora então, vamos lá!!!
Com a intensidade dos últimos meses, com o marido sempre de malas feitas e ambos com o cansaço à falar mais alto, isto é algo que estamos mesmo a precisar. E a melhor parte é que temos um plano turístico completo feito para nós. Não tive que pensar em nada, todos os locais, monumentos, museus, etc, que gostava de ver estão ali, com indicação de transportes e tudo o mais que é preciso saber.
Agora resta-me organizar tudo e fazer as malas. Por muito que tente, não consigo fazer malas com muita antecedência, quando o faço, na véspera tenho que tirar tudo para verificar que não me esqueci de nada. Acabo por ter o trabalho duas vezes e diga-se que, a minha memória foi severamente afectada com a gravidez e, ainda continua, a funcionar a 10% do seu potencial... 

Prometo tirar muitas fotos para vos mostrar Londres pelos nossos olhos!!!


Receitas #4

29.10.13 | Vera Dias Pinheiro
Deste lado, estamos quase a chegar à hora do lanche.


Taça com 1 clementina + iogurte de soja natural + linhaça moída + 1/4 de maçã


As combinações possíveis são inúmeras, tantas quanto a nossa imaginação (saudável) permitir. A ideia aqui é a conjugação da fruta, com os iogurtes (quem não gosta de soja, tens os iogurtes normais magros, desnatados e com 0% gordura), e as sementes (nomeadamente a chia e a linhaça, que fazem tão bem à saúde). 
Para quem não conhece estas sementes, não se assuste. Vale a pena fazer uma pesquisa rápida no google, pois assim que lerem os seus benefícios, vão ficar rendidos. A chia quase não tem sabor e, por isso, vai bem com tudo, a linhaça, por sua vez, já tem um sabor mais particular. Para mim, funciona melhor nos iogurtes e nas papas de aveia. 
Convém referir que devemos ter atenção às quantidades, pois estas pequeninas sementes são muito calóricas. Uma colher de sopa por dia é suficiente.

Deliciem-se com estas imagens....





[desabafo: a resposta]

29.10.13 | Vera Dias Pinheiro
Para todos os aqueles que estiveram solidários com o meu desabafo de ontem, posso dizer que correu tudo bem. Pelo menos, quando cheguei a casa, o V. já estava  ferrado a dormir. Agora, todo o processo que se deu até ele se deixar ficar, isso é outra conversa... 
Porém, o importante é que a babysitter, deu conta do recado!!! 
Ufaaaaaaaaa.... Mais uma etapa superada desta viagem. 
Mãe sofre em demasia, fica angustiada e de coração apertado por muitas coisas! Mas, no fundo, tudo corre bem e acaba bem. Faz parte do processo de crescimento, especialmente do meu....

Na próxima aula, habemus papy-sitting!!!!


[desabafo]

28.10.13 | Vera Dias Pinheiro

Hoje saio de coração apertado, a contar os minutos para estar de volta a casa, enquanto isso não acontece, resta-me olhar para o telemóvel 10 674 vezes. 
O bendito curso de francês começa hoje! Logo hoje!!! O pai não está e o horário coincide com a altura em que o pequenino V. janta e vai dormir. Tive que chamar a babysitter. Mas hoje, logo hoje, vai ser também a primeira vez dela, nesse tipo de coisas, cá em casa.
Já pensei faltar à primeira aula a cada meio segundo, mas o senhor meu marido iria ter um ataque assim que soubesse! Na minha cabeça, já tentei imaginar todos os cenários possíveis: ou o Vicente não come e chora o tempo inteiro; ou come vidrado na galinha pintadinha; ou come, vidrado na galinha pintadinha, ao mesmo tempo que treina a sua arte de cuspir comida só porque quer embirrar! Depois, ou o Vicente não dorme e fica eletricamente descontrolado e vou dar com ele a fazer cambalhotas por cima da babysitter; ou dorme que nem um anjo e nem dá pela minha falta; ou chora desalmadamente, de pé agarrado às grades da cama, como se o mundo fosse acabar.
No meu caso, só tenho um cenário possível: vou estar de coração tão apertado, que nem vou conseguir falar quando pedirem para me apresentar! Ai que nervos!!!

Ser mãe é, entre tantas outras coisas, deixar que estes pequeninos seres controlem por absoluto os nossos sentimentos, os nossos comportamentos.

Momentos de pausa mãe

28.10.13 | Vera Dias Pinheiro

Aproveitei, entre uma viagem e outra, que o meu marido estava em casa, para retomar os momentos de pausa mãe com uma amiga. Ambos somos mães de filhos pequenos e ambas tínhamos decidido que devíamos arranjar um programa só nosso, sem filhos, pelo menos uma vez por mês. O primeiro aconteceu em Setembro, devia ter escrito sobre isto, queria ter escrito sobre isso, mas ainda estava em rescaldo do fim das férias e com o blog em baixo...
Foi muito giro! Já não lembrava bem da última vez que o tinha feito... só para que façam uma pequena ideia do xitex que foi combinar essa saída. 

Desta vez, resolvemos ir ao cinema. E, com sorte, conseguimos ver o filme até ao fim! Fomos ver o mais recente filme do Woody Allen, que mais uma vez superou a minhas expectativas: Blue Jasmine, com Cate Blanchett num belíssimo papel. Esta actriz encarna uma socialite falida (após ter sido roubada pelo marido), que teve que recomeçar a sua vida do zero. Sai de Nova Iorque para San Francisco para viver com irmã, numa casa modesta, rodeada de pessoas modestas, também ela agora bastante modesta, mas em completa negação com a realidade. 



Comemos pipocas, conversamos muito e relembramos que não podemos deixar morrer estes momentos.

L'Amour Fou [Places to eat]

28.10.13 | Vera Dias Pinheiro
Consequência ou não, a verdade é que com a mudança da hora, o meu rico filho resolveu revisitar um hábito, que eu pensava já ultrapassado, o de acordar entre as 5h30 e a 6h00. Confesso que, na minha ingenuidade, ainda pensei que, no domingo, ia conseguir fazer as pazes com o sono e aproveitar, que o marido ia para fora em trabalho, e, sem ginásio, que me ia esticar na cama até para aí as 7h (uuuuhhhhh). Nada disso!!!

O tempo, mesmo sem frio, tem estado instável, com períodos de muito vento e de chuva, muito pouco convidativo a passeios. E, em dias como estes, uma das coisas que ainda nos faz sair de casa é procurar um bom brunch, daqueles que são um pequeno-almoço reforçado e não propriamente um almoço. Ou então, simplesmente fazer panquecas em casa e beber chá, enquanto o meu gatinho se pendura nas minhas pernas de boca aberta para comer também!

O L' amour Fou é a minha recente descoberta (minha, porque o senhor meu marido já conhecia) e, até me fartar, é ali que quero ir ao brunch. Existe um bom equilíbrio na quantidade e na variedade. Além disso, o espaço é muito giro e acolhedor. E, como não sou a única com esta opinião, está sempre muito cheio. Para mais de duas pessoas, o melhor mesmo é reservar mesa antes.

L'amour Fou: Chaussée d'Ixelles (185),
em frente à Place Fernand Cocq à Ixelles
L'amour Fou

No entanto, aqui pode-se almoçar, jantar, assistir a espectáculos ou ainda reservar o espaço para assinalar alguma comemoração importante.

Quanto às panquecas, essas são um adaptação da receita tradicional, que vos deixo aqui.
Cá em casa usamos doces 100%, sem açucar, fiambre de frango ou perú e queijo cottage (é o único queijo que é mesmo nosso amigo e se polvilharem com um pouco de canela... então, fica delicioso!!!)



Receita:
1 ovo
1 cs de farelo aveia
1 cs de linhaça moída
rasca de limão
1 iorgurte grego natural magro ou uma chávena de leite de aveia

É só misturar tudo e colocar na frigideira anti-aderente (assim, não precisam de juntar qualquer gordura).

Posto isto.... boa segunda-feira a todos!!!

Pág. 1/6